Civilizações Tendem a Durar Pouco? – Equação Drake

A Equação de Drake é um argumento probabilístico usado para estimar o número de civilizações extraterrestres ativas em nossa galáxia Via Láctea com as quais poderíamos ter chances de estabelecer comunicação. Foi formulada por Frank Drake em 1961, não com o propósito de fornecer uma estimativa do número de civilizações, mas sim como um modo de estimular um diálogo científico no primeiro encontro SETI (sigla em inglês para Search for Extra Terrestrial Intelligence, que significa Busca por Inteligência Extraterrestre), em Green Bank, Virgínia. A equação resume os principais conceitos que os cientistas devem contemplar quando consideram a probabilidade de outras formas de vida serem capazes de fazer comunicação via ondas de rádio. A Equação de Drake provou ser controversa, já que vários de seus fatores são desconhecidos, além da vasta gama de valores abrangidos.

Um dos fatores a serem levados em consideração são o tempo que uma civilização pode atingir tecnologia suficiente para viagens espaciais, ou seja, qual a probabilidade de uma civilização durar tempo suficiente para desenvolver tecnologia para isso, as ultimas notícias sobre a dificuldade de levar o homem a Marte nos fazem pensar se um dia nossa civilização poderá realizar um feito maior antes dela ser extinta?

Veja o vídeo abaixo e tire suas próprias conclusões!

Fontes:

Equação de Drake
https://pt.wikipedia.org/wiki/Equa%C3%A7%C3%A3o_de_Drake

Paradoxo de Fermi
https://pt.wikipedia.org/wiki/Paradoxo_de_Fermi

Canal Poligonautas
https://www.youtube.com/user/poligonautas

Saiba Mais:

Os ETs Existem! Só não são Avançados, diz nova Equação de Drake

Os ETs Existem! Só não são Avançados, diz nova Equação de Drake

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta