Os astrônomos do IAG da USP observaram que o nosso Sol permanece sempre no mesmo braço da nossa Galáxia

Qual o movimento que o Sol faz ao redor do centro da nossa galáxia?

Nós sabemos que a Terra gira em torno do Sol, que a Lua gira em torno da Terra, e que o Sol gira ao redor do centro da Via Láctea.

Mas no decorrer de sua vida, como se deu esse movimento, será que o Sol sempre esteve em um dos braços espirais da galáxia, ou eventualmente ele ficou cruzando esses braços?

Para responder essa pergunta, astrônomos da USP realizaram uma pesquisa de ponta e concluíram que o Sol reside de forma permanente no meio de dois braços espirais, o Sagittarius e o Perseus.

E jamais cruza esses braços, isso é muito bom para a Terra, pois ao cruzar esses braços, esse movimento poderia disparar eventos catastróficos e causar destruição em massa no nosso planeta.

Qualquer estudo sobre a Via Láctea é complicado de ser feito, pois estamos dentro dela, para entender a forma, a estrutura, e tirar determinadas conclusões é preciso estudar uma grande quantidade de estrelas e outros efeitos.

Os astrônomos do IAG da USP observaram os chamados MASERS, amplificações de microondas por emissão estimulada de radiação para calcular com precisão a distância entre os braços espirais da Via Láctea, e os demais corpos que constituem a galáxia.

Eles conseguriam medir a velocidade com a qual as fontes se deslocam. Assim eles podem estabelecer um ponto inicial, e estabelecer por onde uma determinada estrela passou.

anteriormente pensava-se que a cada 150 milhões de anos, o Sol cruzava os braços galácticos, mas as pesquisas da USP mostraram que isso nunca acontece, ou melhor, nos últimos 2 bilhões de anos, o sol nunca atravessou os braços espirais.

Além de definir esse fato importante para o Sol, a pesquisa também explicou a existência do chamado Braço Local, um braço anômalo da Via Láctea formado pelas estrelas que como o Sol ficam presas entre os braços Sagittarius e Perseus.

Muito interessante ver o Brasil se destacando numa pesquisa de suma importância para se entender cada vez mais sobre a forma, a estrutura, a vida, e como o Sol se move na nossa galáxia.

Veja o vídeo sobre esta notícia postado no canal Space Today:

Fonte:

Astrônomos mostram por que região do Sol na Via Láctea é habitável

Artigo:

https://arxiv.org/abs/1705.04381

Canal Space Today:

https://www.youtube.com/channel/UC_Fk7hHbl7vv_7K8tYqJd5A

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta