VIDA EXTREMA | Extremófilos

Extremófilo é o organismo que consegue sobreviver ou até necessita fisicamente de condições geoquímicas extremas, prejudiciais à maioria das outras formas de vida na Terra.
Os mais conhecidos extremófilos são micróbios. O domínio Archaea contém renomados exemplos, mas extremófilos são presentes em inúmeras e diversas linhagens genéticas de bactérias e archaeanos. Além disto, é errôneo utilizar o termo extremófilo para englobar todos os archaeanos, já que alguns são mesófilos. Nem todos os extremófilos são unicelulares; protostômios encontrados em ambientes similares incluem o verme de Pompéia, os psicrófilos Grylloblattodea (insetos), Krill antártico (um crustáceo) e os Tardigradas.

Nos anos 80 e 90, biólogos descobriram que a vida microscópica tem uma incrível capacidade de sobrevivência em ambientes extremos – nichos extraordinariamente quentes, ou ácidos, como lugares inóspitos para organismos complexos. Alguns cientistas concluem até mesmo que a vida na Terra deve ter começado em fontes hidrotermais, muito abaixo da superfície dos oceanos.

Em quais condições é possível ter vida? Como algo consegue sobreviver em um calor ou frio extremo? E que bichos HORROROSOS são esses?

Fontes:

Wikipédia:
Extremófilo
https://pt.wikipedia.org/wiki/Extrem%C3%B3filo

Youtube:
Canal Nerdologia
https://www.youtube.com/user/nerdologia

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta